STF abre inquérito contra Pazuello por crise em Manaus

Lewandowski atendeu a pedido de apuração do PGR, Augusto Aras, e deu 60 dias de prazo para se concluir às apurações.

Terra – O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), abriu nesta segunda-feira inquérito para apurar uma suposta omissão do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na gestão da pandemia do Covid-19 em relação ao colapso da saúde pública em Manaus.

Lewandowski atendeu a pedido de apuração do procurador-geral da República, Augusto Aras, e deu 60 dias de prazo para se concluir às apurações.

Na decisão, o ministro do STF deu cinco dias para que Pazuello deponha, contados a partir da sua intimação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *