‘Agora sabemos como Moro manipulava procuradores’, diz Alberto Fernández sobre caso Lula

Brasil 247 – O presidente da Argentina, Alberto Fernández, participou nesta segunda-feira (22) de uma das atividades do aniversário de 41 anos do PT, sobre lawfare e o caso Lula. Em mensagem, o mandatário criticou a condenação do ex-líder sindical e a atuação do ex-juiz Sergio Moro, de procuradores, e dos meios de comunicação.

Professor de Direito Penal, Fernández classificou o lawfare como um “maldito mecanismo que foi implementado no Brasil e em outros lugares do continente que serviu para que a mídia e a Justiça persigam opositores ao regime político que agora governa”.

“Agora já conhecemos como o juiz Moro manipulava os procuradores e os procuradores se prestavam a isso, para que Lula não pudesse ser candidato e seguisse muito tempo processado. Agora, graças a deus, parece que as provas revelam claramente como foi essa perseguição”, prosseguiu, fazendo referência aos dados da Operação Spoofing e da Vaza Jato.

Leia mais na Fórum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *