USO DE INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS PODE ANULAR DELAÇÃO DE IRMÃOS BATISTA, DIZ PF

Reuters – As investigações sobre o suposto uso de informações privilegiadas por executivos da JBS, para obtenção de lucros no mercado financeiro podem acarretar na anulação do acordo de delação premiada firmado pelos irmãos Batista com a Procuradoria-Geral da República, disseram nesta quarta-feira delegados da Polícia Federal.

“Há essa possibilidade porque o acordo de colaboração, a imunidade e os benefícios que foram concedidos ao Joesley e ao Wesley têm correlação às (outras) seis operações em que são investigados. Esse é um fato superveniente ao acordo de colaboração, portanto a imunidade não alcança esses fatos”, disse o delegado regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado da PF em São Paulo, Rodrigo de Campos Costa, em entrevista coletiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.