ASSOCIADO AO GOLPE, FHC DIZ QUE É HORA DE O PSD CAIR FORA DO GOVERNO TEMER

Depois de apoiar um golpe parlamentar que arruinou o Brasil, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso insiste que é hora de o PSDB “cair fora” do governo Michel Temer.

Não foi a primeira vez que FHC defendeu a saída dos tucanos do governo federal. Em artigo no início deste mês, ele ressaltou que ou o PSDB deixava o governo agora, ou assumiria papel coadjuvante nas eleições de 2018.

As novas declarações do cacique tucano foram feitas à jornalista Andréia Sadi, da Globonews. Segundo o ex-presidente, o partido precisa ter “uma cara, ama autonomia”, reproduziu a repórter, e que este seria o principal motivo para deixar o governo neste momento.

FHC disse que a saída dos ministros tucanos pode ter uma exceção: Aloysio Nunes, das Relações Exteriores. Isso porque, em sua avaliação, o Itamaraty é uma questão de Estado, e não de partido.

No momento, o governo negocia a saída de Antonio Imbassahy (PSDB-BA) da Secretaria de Governo, para conceder o comando da pasta a partidos do Centrão, que têm cobrado mais cargos de Temer em troca de sua lealdade.

Para FHC, “não tem que ficar marcando data para sair”, mas já estaria “mais do que na hora” disso acontecer, finalizou a jornalista.

No próximo fim de semana, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), vai se reunir com Michel Temer no interior paulista para discutir o tema. Em entrevista concedida nesta terça, Alckmin ressaltou que, sob seu comando, o PSDB “desembarca do governo Temer”.

Fonte: Brasil 247

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *