ARTHUR VIRGÍLIO DIZ QUE VAI DISPUTAR COM ALCKMIN CANDIDATURA A PRESIDENTE

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, afirmou neste sábado, 9, que irá disputar a candidatura do PSDB à Presidência da República com o governador Geraldo Alckmin; segundo Virgílio, um acordo foi firmado com Alckmin na noite dessa sexta-feria, 8, após uma reunião tensa com a cúpula tucana no gabinete do senador Roberto Rocha (AC); Virgílio disse que, apesar do acordo, fará um discurso duro na convenção deste sábado; “Vai ser um discurso duro. Vou dizer que é uma aberração não liderarmos esse processo reformista. Vou dizer também que não concordei com a eleição dele (Alckmin) para presidente do partido”.

Segundo Virgílio, um acordo foi firmado com Alckmin na noite dessa sexta-feria, 8, após uma reunião tensa com a cúpula tucana no gabinete do senador Roberto Rocha (AC).

“Acertamos que as prévias serão irrestritas, mas terão uma linha de corte: poderão votar que tiver pelo menos um ano de partido. Faremos 10 comícios cada um cada um nas dez maiores cidades brasileiras. Vamos expor as entranhas do partido”, afirmou o prefeito de Manaus.

Virgílio e Alckmin também combinaram de dividir de forma igualitária os recursos do Fundo Partidário para as prévias. “Combinamos que vamos trabalhar no estilo Obama X Hillary. Faremos críticas duras, mas sem ataques pessoais”, disse Virgílio.

O prefeito revelou, ainda, que, apesar do acordo, fará um discurso duro na convenção de hoje. “Vai ser um discurso duro. Vou dizer que é uma aberração não liderarmos esse processo reformista. Vou dizer também que não concordei com a eleição dele (Alckmin) para presidente do partido.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Brasil 247

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *