DIREITA ENLOUQUECE: LULA ESTÁ VIVO E BATENDO UM BOLÃO

A tantos minutos de jogo, um pênalti é marcado. O ex-presidente Lula coloca a bola na marca de cal, bate e a goleira (era uma goleira) defende. Mas de modo irregular, segundo a arbitragem.

Na segunda tentativa, Lula encaçapa. Em seguida corre para a lateral do campo, tira a camisa e joga-a para a torcida. Foi expulso. O juíz não era Sérgio Moro. Era Juca Kfouri que, apesar de ter dado uma ajuda no apito, não perdoou a indisciplina.

O jogo de confraternização foi na inauguração do campo da escola Florestan Fernandes, do Movimento dos Sem Terra, em Guararema.

O local recebeu o nome de Sócrates Brasileiro em homenagem ao jogador corintiano, ativista de mão cheia (e punho cerrado erguido) que tantos palanques dividiu com Lula na campanha pelas Diretas.

Além de Lula estavam políticos, esportistas e personalidades. Chico Buarque, Mano Brown, o ex-atacante Reinaldo, Lindbergh Farias, Suplicy, Fernando Haddad, Frei Betto. Muitos.

Fonte: Brasil 247

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.