Justiça manda Corinthians e Odebrecht devolverem R$ 400 milhões à Caixa por estádio

A Justiça Federal do Rio Grande do Sul determinou que Corinthians, a Odebrecht, a Arena Itaquera e o ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Fontes Hereda, devem devolver R$ 400 milhões à Caixa. A decisão da juíza Maria Pezzi Klein foi proferida nesta quinta-feira (15) e cabe recurso.

A magistrada acolheu ação popular de 2013 que questionava a legalidade do financiamento obtido para a construção do estádio que abriu a Copa do Mundo de 2014.

O autor da ação argumentou que o repasse de recursos não seguiu o método utilizado em outros estádios da Copa, que foi o repasse de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Nacional (BNDES) por meio do Banco do Brasil. O Corinthians, entretanto, não teria conseguido acessar os recursos por não conseguir apresentar garantias.

A Caixa, então, aceitou financiar a obra com um aporte de R$ 400 milhões. Para a Justiça Federal do Rio Grande do Sul, a decisão foi baseada em “garantias incertas” e foi tomada sob influência política.

Fonte: Sputniknews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *