Lamborghini assinado pelo Papa vendido bem acima das expectativas

O Huracán que a Lamborghini ofereceu ao Papa Francisco arrecadou 809.375€ num leilão realizado pela RM Sotheby’s no Mónaco, com o modelo italiano a ser um dos mais cobiçados do evento. Esse valor ficou bem acima das estimativas, que estavam enquadradas entre os 250 mil euros e os 350 mil euros.

Exemplar tornado único pela assinatura do Sumo Pontífice no capot, o Huracán foi doado pela marca italiana numa cerimónia especial que teve lugar no ano passado na cidade-Estado do Vaticano, caracterizando-se pela sua personalização ao abrigo do programa Ad Personam. Assim, apresenta pintura em branco Bianco Monocerus com apontamentos contrastantes em amarelo Giallo Tiberino, numa alusão às cores da bandeira local.

As jantes contam com duas tonalidades, jogando entre o preto e o prateado. No interior, mais elementos exclusivos, como os bancos em couro Bianco Leda Sportivo, com emblemas da Lamborghini nos encostos de cabeça.

Oferecido no leilão sem reserva, o Huracán irá cumprir um feito de beneficência, uma vez que todos os lucros provenientes do leilão irão reverter para organizações de caridade, as quais serão escolhidas pelo Vaticano.

Entre as entidades que serão ajudadas pelo Vaticano estão a ‘Aiuto alla Chiesa che Soffre’ (Ajuda às Igrejas Necessitadas), que irá ajudar à reconstrução de templos cristãos no Planalto de Nínive, no Iraque, mas também a ‘Comunidade Papa João XXIII’, dedicada a ajudar mulher vítimas de tráfico e de outros abusos. Além destas, também serão ajudadas duas associações com atividades em África, a GICAM e a ‘Amici per il Centrafrica’, as quais têm direcionado as suas atividades, maioritariamente, para ajudar mulheres e crianças na África Central.

Fonte: Motor 24

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.