Líder evangélico diz que discurso de Bolsonaro não é bíblico: “raivoso”

Ontem, durante a Marcha para Jesus em São Paulo, o maior evento evangélico do Brasil, o apóstolo Estevam Hernandes disse que Jair Bolsonaro, para conquistar o eleitorado evangélico, tinha que ajustar seu discurso. Segundo o Estadão, ele disse:

“Alguns posicionamentos dele podem fazer com que realmente ganhe a simpatia dos evangélicos. Agora, existem outros que são antagônicos com os valores cristãos, como a força, talvez o ódio, algumas coisas mais extremistas”, disse.

Segundo a Folha de S. Paulo, Bolsonaro disse:

“Eu respeito o discurso dele, mas o discurso raivoso não é bíblico” (…) É preciso ser tolerante com quem pensa diferente. Não significa que eu concorde com a pessoa, com o que ela pratica, mas que eu deva ter um amor que seja superior às diferenças.”

Bolsonaro, questionado, fez um discurso pacifista:

“Nós também somos contra. Aqui é lugar de perdão, é de entendimento, de amor ao próximo, não é lugar para atacar ninguém”.

Mais um pouco e Bolsonaro já pode se candidatar ao Prêmio Nobel da Paz.

Fonte: Diário do Centro do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *