Temer anuncia intervenção integral em Roraima até 31 de dezembro

Michel Temer anunciou nesta sexta-feira (7) intervenção federal no estado de Roraima até 31 de dezembro. A iniciativa é em consequência da crise na segurança pública e penitenciária no estado, de acordo com informações de Marcelo Brandão, da Agência Brasil.

Agentes penitenciários de Roraima paralisaram o trabalho e policiais civis deflagraram greve de 72 horas em função de meses de salários atrasados. Os policiais militares, que não podem fazer greve, receberam o apoio de suas esposas, que bloquearam as entradas e saídas de batalhões como forma de protesto.

Temer falou com Suely Campos, governadora de Roraima: “Eu, há pouco, falei com a senhora governadora e disse que a única hipótese para solucionar essa questão, especialmente aquela de natureza salarial, seria decretar a intervenção até a posse do novo governador. Ela acha que de fato a situação está se complicando e que a melhor solução seria essa. Com isso queremos pacificar as questões de Roraima”, disse.

Temer declarou, também, que convocará neste sábado (8) o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional. O decreto de intervenção, de acordo com ele, deverá vir em seguida. Com isso, o Brasil terá dois estados sob intervenção: Roraima e Rio de Janeiro.

Fonte: Revista Fórum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *