Recibos apresentados por filho de Lula desmentem delator da Odebrecht

O delator da Odebrecht, Alexandrino Alencar, é o mesmo que admitiu à PF que delatou a ex-ministra Miriam Belchior mesmo sabendo que ela não cometeu nenhum crime

A defesa de Luís Claudio, filho de Luiz Inácio Lula da Silva, apresentou recibos que mostram que ele pagou a Concept, empresa contratada para trabalhar no marketing da liga de futebol americano que o filho do ex-presidente queria criar no Brasil.

De acordo com a delação premiada de Alexandrino Alencar (foto), ex-executivo da Odebrecht, a empreiteira teria financiado a Concept para Luís Cláudio. A apresentação dos recibos esvazia as declarações do executivo.

Alexandrino afirmou ainda que Lula teria pedido ajuda para Luís Cláudio iniciar a carreira empresarial.

Segundo ele, a empreiteira teria pago um orientador para ajudá-lo a colocar de pé a empresa Touchdown Promoções e Eventos Esportivos, que organizava um campeonato de futebol americano.

coluna de Mônica Bergamo noticiou, nesta segunda-feira (10), que Marcelo Odebrecht anexou novos e-mails ao processo sobre a relação da empreiteira com Luís Claudio Lula da Silva, o filho caçula do ex-presidente Lula. O conteúdo dos documentos reforçaria o que já foi delatado.

Delatou Miriam Belchior sem crime

O delator da Odebrecht, Alexandrino Alencar, é o mesmo que admitiu à Polícia Federal (PF) que delatou a ex-ministra Miriam Belchior mesmo sabendo que ela não cometeu nenhum crime.

Ele simplesmente disse que colocou na sua lista de delatados o nome de todos os políticos do PT com os quais manteve contato. No caso de Miriam Belchior, ele citou as obras que tratou com ela no tempo em que era ministra do Planejamento e depois presidente da Caixa.

Fonte: Revista Fórum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *