Atividade sexual: saiba o efeito terapêutico do sexo para a saúde

Direta ou indiretamente, todos sabem que o sexo possui efeitos positivos sobre a saúde. Porém, nem todas as pessoas conhecem sua real eficácia e o porquê do sexo ser tão bom para o físico.

Em um artigo publicado em 2007, Roy Levin escreveu os resultados de vários estudos sobre o tema, onde afirmou que a frequência de encontros sexuais é um dos fatores que influencia a longevidade dos homens, enquanto que para as mulheres, a causa para ganhar alguns anos está na satisfação sexual.

Segundo explica a colunista da Sputnik, Tatiana Pishugina, outros estudosapontam que o risco de morte por infarto é menor em homens que fazem sexo com mais frequentemente, pois o esforço físico que se faz durante o coito contribui para a saúde cardiovascular.

Em mulheres que praticam sexo menos regularmente, a chance de padecer com câncer de mama é 20% maior em comparação com as que têm uma vida sexual mais ativa, destaca Pishugina.

Há muitos fatores que influenciam a longevidade, ressalta a colunista, entre eles estão herança genética, particularidades fisiológicas e condições sociais e psicológicas, devido a isso, críticos afirmam que é impossível delimitar os efeitos das relações sexuais com exatidão.

Com isso, pesquisadores tentam encontrar uma relação causa-efeito entre o sexo e alguns aspectos da saúde humana, por exemplo, a influência dos níveis hormonais sobre o comportamento sexual.

Além disso, outro estudo, realizado por cientistas da Universidade do Estado de Nova York em Albany (EUA), encontrou a relação entre o uso de camisinhas e depressão em mulheres, concluindo que o esperma tem um efeito antidepressivo, pois as jovens que usaram menos preservativos tiveram índices dessa enfermidade psiquiátrica.

Esses resultados concordam com as conclusões de outro estudo americano, segundo o qual os atos sexuais têm efeitos positivos sobre o humor dos casais e, consequentemente, sobre sua qualidade de trabalho.

Fonte: SputnikNews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *