Temer perdoou R$ 47,4 bilhões de dívidas de empresas, maior anistia em 10 anos

Valor só foi menor que o de R$ 60,9 bilhões do Refis da Crise, no fim de 2008, depois que as empresas brasileiras foram atingidas pelo impacto da crise financeira internacional

O último grande Refis, concedido pelo governo federal durante a gestão do ex-presidente Michel Temer, perdoou R$ 47,4 bilhões em dívidas de 131 mil contribuintes, de acordo com o balanço final do programa de parcelamento de débitos tributários. O restante — R$ 59,5 bilhões, ou pouco mais da metade da dívida original — foi parcelado em até 175 prestações.

Os parcelamentos especiais permitem que empresas refinanciem dívidas com descontos sobre juros, multas e encargos. Em troca, o governo recebe uma parcela da dívida adiantada, mas abre mão de uma parcela do que ganharia com juros e multas.

Fonte: GZH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *