Temporal deixa ao menos 10 mortos no Rio de Janeiro

Último corpo localizado foi de um homem, ainda não identificado, com sinais de afogamento na comunidade de Antares, em Santa Cruz, na zona oeste

Foi localizado o corpo de um homem, ainda não identificado, com sinais de afogamento na comunidade de Antares, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro, na noite desta terça-feira (9). Com mais este caso, chega a 10 o número de mortes confirmadas pelo Corpo de Bombeiros, após um temporal castigar a capital fluminense.

Também em Santa Cruz, Leandro Ramos Pereira, de 40 anos, morreu eletrocutado. Ele teria recebido uma descarga elétrica quando tentava retirar os móveis de uma casa inundada.

Em Guaratiba, na mesma região, o corpo de outro homem foi encontrado no canal da avenida Barão dos Cocais, esquina com São José dos Campos, em Jardim Maravilha.

Avó e neta morreram soterradas dentro de um táxi na zona sul
Avó e neta morreram soterradas dentro de um táxi na zona sul

Avó e neta

Três pessoas foram encontradas soterradas dentro de um táxi na Ladeira do Leme, em Botafogo, zona sul. Além de avó e neta, o motorista também foi atingido e não resistiu aos ferimentos.

Irmãs na Babilônia

As irmãs Doralice e Gerlaine do Nascimento morreram em um deslizamento na comunidade da Babilônia, no Leme. Após horas de buscas, os bombeiros também acharam, sem vida, Gilson Cesar Cerqueira, de 42 anos, que morava com elas.

E, na Gávea, um homem de 30 anos foi achado morto depois de ser arrastado pela enxurrada.

Balanço

De acordo com os bombeiros, foram registradas mais de duas 2.000 ocorrências nas últimas 24 horas em todo o Estado. O número é acima da média diária, que gira em torno de 1.200 chamados.

Fonte: R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.