COM CÂMARA ESVAZIADA E BATE-BOCA, MINISTRO DIZ QUE MANTÉM CORTE NA EDUCAÇÃO

Convocado pela Câmara de Deputados, o ministro Abraham Weintraub provocou, foi hostilizado, assistiu a parlamentares baterem boca e afirmou ontem que manterá os cortes na Educação que levaram milhares às ruas de todo o país.

Diante de um plenário esvaziado, o ministro não apresentou alternativas para o MEC (Ministério da Educação), que teve R$ 7,4 bilhões dos R$ 149 bilhões de orçamento bloqueados para 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.