CASAGRANDE CRITICA ATRASO NO JOGO POR CULPA DE BOLSONARO

 

Segundo tempo da partida, que terminou empatada em 1 a 1, neste sábado, no Allianz Parque, começou atrasado para que o presidente do País pudesse voltar ao seu camarote

O comentarista e ex-jogador Walter Casagrande criticou o atraso no começo do segundo tempo da partida entre Palmeiras e Vasco, neste sábado, no Allianz Parque, causado pela presença do presidente Jair Bolsonaro. Durante o intervalo, o mandatário do país foi ao gramado do estádio e tirou foto com torcedores nas arquibancadas.

Como o presidente ainda estava no meio dos torcedores pouco antes do reinicio da partida, a única opção para voltar para o camarote foi passar pelo banco de reservas e subir pelo túnel que dá acesso aos vestiários, o que atrasou o começo da etapa final.

“A coisa mais importante neste momento é o jogo de futebol. Ninguém pode atrapalhar, tem horário de começar. Pode ser quem for. A CBF está cumprindo os horários, está tudo certinho. Não pode ser o presidente ou qualquer outra pessoa que entre no campo para atrapalhar esse horário. Esta é a minha opinião”, disse Casagrande durante a transmissão do Premiere.

Bolsonaro assistiu a partida em um camarote ao lado do presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte, e da patrocinadora do clube, Leila Pereira.

Fonte: Terra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.