EM MENOS DE 24 HORAS, JUSTIÇA DO RIO MANDA SOLTAR GOROTINHO E ROSINHA DA CADEIA

 

A Justiça do Rio concedeu um habeas corpus aos ex-governadores Rosa Matheus (patriota) e Anthony Garotinho (sem partido) durante o plantão judiciário do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, na noite de terça-feira. A defesa entrou com o pedido na terça-feira à noite. A expectativa é de que o ex-governador deixe Benfica, e a ex-governadora, Bangu, ainda nesta manhã.

O habeas corpus foi concedido pelo desembargador Siro Darlan. A defesa pedia a revogação da prisão preventiva. Os dois, agora, vão responder ao processo em liberdade.

Como medidas cautelares, o desembargador determinou que os dois entreguem os passaportes e fiquem proibidos de sair do país; não falem com testemunhas ou corréus e que se apresentem mensalmente à Justiça.

Na decisão, o desembargador discordou da decretação da prisão preventiva, determinada pela Justiça em Campos sob os argumentos da garantia da ordem pública e conveniência da instrução criminal.

Anthony Garotinho e Rosinha Matheus foram presos na Operação Secretum Domus, deflagrada na terça-feira pelo Ministério Público Estadual. O casal é acusado de superfaturar contratos em Campos, num prejuízo de R$ 62 milhões. Ainda não há condenação no caso contra eles.

O casal foi preso em seu apartamento no Flamengo, Zona Sul do Rio. Segundo o MPRJ, eles beneficiaram a Odebrecht em licitações quando Rosinha era prefeita de Campos, entre 2009 e 2016, para a construção de 9.674 casas populares dos programas Morar Feliz I e II.

Fonte: Radar DF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.