CORONEL RURALISTA INDICADO PARA IBAMA NO CEARÁ É DESTITUÍDO UM DIA APÓS NOMEAÇÃO

 

Órgão recebe influência do deputado federal Heitor Freire (PSL), que é desafeto político de Ricardo Célio Chagas Bezerra.

A história do coronel Ricardo Célio Chagas Bezerra como superintendente do Ibama no Ceará acabou logo. Um dia após ter sido nomeado para o cargo, ele foi destituído. A revogação já foi, inclusive, publicada no Diário Oficial da União.

O órgão recebe influência do deputado federal Heitor Freire (PSL), que é desafeto político do coronel Bezerra. Agora, Freire deve indicar outro nome ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

A indicação do coronel teve resistência, pois ele é dono de uma fazenda de exploração de madeira em Altamira, no interior do Pará. A região onde Bezerrinha, como é conhecido, explora madeiras foi alvo do “Dia do Fogo”, em que ruralistas incendiaram a Amazônia como demonstração de apoio à política de desmatamento de Jair Bolsonaro.

O coronel é filiado ao PSL e chegou a disputar as eleições no ano passado, mas obteve apenas 13 mil votos e ficou como suplente de deputado federal.

Fonte: Revista Fórum

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *