BOLSONARO PASSA POR OPERAÇÃO DE CORREÇÃO DE HÉRNIA EM SÃO PAULO

 

Neste domingo (8), o presidente Jair Bolsonaro está sendo operado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para corrigir uma hérnia.

A hérnia incisional, na parede abdominal do lado direito, surgiu como resultado de complicação das intervenções cirúrgicas anteriores, no local onde Bolsonaro levou uma facada durante sua campanha eleitoral de 2018.

Esta já é a quarta operação a que o presidente se submete desde o ataque que sofreu.

Bolsonaro fez exames pré-cirúrgicos e foi submetido a um jejum de oito horas na noite de sábado (7) para se preparar para a operação, comandada pelo gastroenterologista Antônio Luiz Macedo, de 67 anos, que o atendeu o após o atentado ocorrido há quase um ano.

Segundo o cirurgião, a nova operação irá durar cerca de 2 horas e, apesar de ser “de nível simples a moderado”, não apresenta riscos.

“O presidente já passou por três cirurgias grandes, inclusive a última, para reconstrução abdominal, e o local ficou bastante debilitado pelas ações invasivas. Esta cirurgia será para a correção de uma hérnia que surgiu no local dos cortes, bem no meio da barriga. Será uma cirurgia de nível simples a moderado, mas com perfil delicado. Não é esperada nenhuma intercorrência”, disse Macedo citado pelo portal de notícias G1.

Vice-presidente no poder

A equipe médica informou que Bolsonaro deve ficar dez dias afastado e que o pós-operatório levará cerca de uma semana. Ele deverá usar uma cinta abdominal para ajudar na cicatrização.

Hoje (8), o vice-presidente Hamilton Mourão assumirá a Presidência e ficará até quinta-feira (12).

Em 6 de setembro de 2018, Bolsonaro foi esfaqueado durante a campanha eleitoral em Juiz de Fora (MG). O autor do atentado está internado por tempo indeterminado em um manicômio judicial.

Fonte: SputnikNews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.