SÉRGIO CHAPELIN DEIXA GLOBO APÓS 46 ANOS: “SAIO COM DEVER CUMPRIDO

 

Sérgio Chapelin apresentou o “Globo Repórter” pela última vez, na noite de ontem, 27, e diz ter saído “com a sensação de dever cumprido”.

O veterano de 78 anos anunciou que vai se aposentar após quase cinco décadas de emissora.

“Estive na maior parte dessa história primorosa do ‘Globo repórter’, e isso me deixa muito feliz. Da primeira fase do programa, mais documental, passando pela fase em que éramos mais factuais, até o momento atual, quando falamos sobre todos os assuntos. Saio com a sensação de dever cumprido”, disse ele, em declaração reproduzida pelo jornal Extra, do Grupo Globo.

Chapelin estreou no “Jornal Hoje” em 1972 e, pouco tempo depois, já estava apresentando o “Jornal Nacional”. Ele também participou da estreia do “Fantástico” em 1973, e foi o primeiro apresentador do “Globo Repórter”, programa do qual esteve à frente em três fases diferentes —nos anos 70, 80 e, mais recentemente, em 1996.

Chapelin dará lugar a Sandra Annenberg, que deixa a bancada do “Jornal Hoje”. “Quando comecei no jornalismo da Globo, em 1991, fui a primeira apresentadora do tempo do ‘Jornal Nacional’ e era chamada toda noite pelo Sérgio e pelo Cid Moreira. Ele é uma inspiração e me sinto honrada. Na verdade, o Sérgio é insubstituível. A voz dele ficará para sempre ecoando nos nossos ouvidos”, elogiou Sandra, também ao jornal.

Fonte: UOL TV e Famosos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.