Nas últimas 24 horas, foram registradas 1.111 mortes por covid-19 no Brasil

Rede vai ao STF e pedir para que governo seja obrigado a divulgar dados sobre compra de vacinas.

Brasil de Fato – O Brasil registrou 1.111 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas. Os dados são do Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conass) e aponta para um aumento, em relação à última segunda-feira (28), quando 431 brasileiros foram a óbito em decorrência da doença. Sobe, assim, para 192.681, o número total de mortes por covid-19 registradas no país.

“A atuação errática do governo federal na condução do enfrentamento da pandemia não pode continuar", alerta a Rede, em pedido ao STF
“A atuação errática do governo federal na condução do enfrentamento da pandemia não pode continuar”, alerta a Rede, em pedido ao STF – Foto: Hector Rematal/AFP

Nesta segunda-feira (28), o Brasil ultrapassou os 7,5 milhões de casos. Nesta terça-feira (29), foram registrados mais 58.718 novos pacientes. Na segunda-feira, o Conass divulgou que 20.548 pessoas haviam se infectado no país.

Na Justiça

Ainda nesta terça-feira, a Rede Sustentabilidade foi até o Supremo Tribunal Federal (STF) pedir que o governo federal seja obrigado a divulgar, semanalmente, informações sobre a compra de vacinas para o país.

“A atuação errática do governo federal na condução do enfrentamento da pandemia não pode continuar, merecendo a intervenção imediata do Supremo Tribunal Federal na defesa do povo brasileiro, para que receba a mesma proteção que a população dos demais países já estão recebendo”, afirma a Rede no documento.

Ainda na petição, o partido enfileira as declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que cooperaram para a relativização do potencial do coronavírus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.