Trump discursa e ordena que trumpistas deixem o Capitólio, mas insiste em “eleição roubada”

Brasil 247 – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump (Republicano), ordenou a seus seguidores,  com um víde no Twitter, no começo da noite desta quarta-feira (6) que eles abandonem o Congresso, depois da invasão para impedir a certificação da vitória eleitoral de Joe Biden.

O republicano, porém, continuou insuflando os trumpistas  ao reafirmar a desmoralizada tese de que as eleições teriam sido fraudadas contra ele.

“Eu sei que vocês estão tristes. Tivemos uma eleição roubada de nós. Foi uma eleição que vencemos de lavada”, afirmou no vídeo.

“Mas vocês precisam ir para casa agora. É preso ter paz e a Lei e Ordem”, declarou ao defender novamente que os manifestantes não entrem em conflitos com a polícia. “Foi uma eleição fraudulenta, mas não podemos jogar o mesmo jogo que essas pessoas”, ressaltou. “Vão para casa, precisamos de paz”, concluiu.

Mais cedo, Trump escreveu em seu Twitter “pedindo para todos no Capitólio dos EUA a permanecerem pacíficos. Sem violência!” “Lembrem-se, NÓS somos o Partido da Lei e da Ordem – respeitem a Lei e nossos grandes homens e mulheres em azul”, escreveu sobre os confrontos.

Em outra publicação, Trump afirmou: “Por favor, apoiem nossas forças da Lei e a polícia do Capitólio. Eles realmente estão ao lado do nosso país. Mantenham-se pacíficos!”

Apoiadores de Trump rompem barreiras ao redor do Capitólio

A polícia evacuou os escritórios do Congresso norte-americano nesta quarta-feira (6), em Washington, depois que manifestantes pró-Trump tentaram invadir o Capitólio para protestar contra os resultados da eleição presidencial de 2020.

Um correspondente da Sputnik no local relatou que os manifestantes romperam o cordão de segurança perto do Capitólio dos Estados Unidos, após o qual a polícia distribuiu gás lacrimogêneo. Eles tentam invadir a sessão no Congresso que certifica a vitória de Joe Biden na corrida presidencial. Congressistas afirmaram que ouviram tiros sendo disparados dentro do prédio do Capitólio.

Pelo Twitter, o presidente Donald Trump disse que seu vice-presidente, Mike Pence, não teve “a coragem” para impedir a vitória de Biden e voltou a afirmar que o resultado das eleições é uma fraude.

Mike Pence não teve a coragem de fazer o que deveria ter sido feito para proteger nosso país e nossa Constituição, dando aos EUA a chance de certificar um conjunto corrigido de fatos, e não os fraudulentos ou imprecisos que foram solicitados a serem certificados previamente. Os EUA exigem a verdade!

Imagens da confusão entre policiais e manifestantes foram compartilhadas nas redes sociais.

Mais em Sputniknews

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.