Família do bilionário mais jovem do Brasil ficou R$ 34 bilhões mais rica

Aos 30 anos, o executivo Pedro de Godoy Bueno é hoje considerado o mais jovem bilionário brasileiro, com uma fortuna estimada pela revista Forbes em R$ 14,2 bilhões.

Yahoo – Ele é o atual executivo-chefe do grupo de diagnósticos Dasa, que era controlado por seu pai, Edson de Godoy Bueno, até seu falecimento, em 2017. Pedro é também considerado um dos dez bilionários mais jovens do mundo.

Neste início de ano, com a valorização das ações da Dasa, a fortuna de Pedro e da sua família, incluindo a irmã, Camilla de Godoy Bueno Grossi, e a madrasta Dulce Pugliese de Godoy Bueno, saltou incríveis R$ 34 bilhões (cerca de US$ 6,5 bilhões segundo a Forbes), para um total de R$ 56,6 bilhões.

O bom desempenho da empresa na bolsa de valores vem na esteira de uma série de decisões estratégicas vistas como promissoras pelos investidores, como a aquisição do grupo hospitalar Leforte, em negócio estimado em R$ 1,77 bilhão.

Somente com esse negócio, as ações subiram, segundo a Forbes, 45% num único dia, de R$ 58,51 para R$ 70,05.

Outro ponto que destacou a Dasa foi sua atuação na resposta à crise do coronavírus: realizou testes da vacina da Covaxx no Brasil, e doou R$ 15 bilhões para o seu desenvolvimento, além de ter participado da detecção de uma mutação do vírus no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.