‘Independência de Taiwan significa guerra’, alerta Ministério da Defesa da China

Wu Qian, porta-voz do Ministério da Defesa da China, reiterou nesta quinta-feira (28) que Taiwan é uma parte da China afirmando que a independência da ilha “significa uma guerra”.

Sputniknews – Na semana passada, as autoridades da ilha autogovernada haviam declarado que vários caças e bombardeiros do Exército de Libertação Popular (ELP) foram detectados em sua zona de identificação de defesa aérea (ADIZ, na sigla em inglês).

A respeito disso, Wu afirmou que “as atividades militares realizadas pelo ELP no estreito de Taiwan são as ações necessárias para abordar a situação de segurança na região e assegurar a soberania e a segurança nacional”, relata Reuters.

Equipe da Forças Aérea de Taiwan instala míssil Tien Chien I no aeroporto de Taichung (foto de arquivo)
© AP PHOTO / CHIANG YING-YING Equipe da Forças Aérea de Taiwan instala míssil Tien Chien I no aeroporto de Taichung (foto de arquivo)

“Alerta para os ‘elementos da independência de Taiwan’: aqueles que brincam com o fogo vão se queimar e a independência de Taiwan significa guerra”, acrescentou.

Após o sobrevoo de aviões militares da China, caças de Taiwan realizaram exercícios simulando cenário de guerra e mostrando sua prontidão para combate.

Oficialmente, os EUA seguem a política de Uma Só China, a qual não reconhece Taiwan como um território independente, mas Washington tem desenvolvido relações comerciais com a ilha e, de igual modo, vende armas para a mesma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.