As mais impressionantes descobertas da última semana

Papiro egípcio com capítulo do ‘Livro dos Mortos’, tesouro indígena, monumento de 5 mil anos jamais visto antes e muito mais!

1.Papiro com capítulo do “Livro dos Mortos” em Saqqara

Crédito: Divulgação – Ministério de Antiguidades do Egito

Escavações arqueológicas realizadas em Saqqara, no Egito, revelaram um sarcófago com um item impressionante: um papiro de quatro metros de comprimento que contém o décimo sétimo capítulo do Livro dos Mortos. Os pesquisadores acreditam que o manuscrito tenha pertencido a um um homem chamado Pukhaef.

Confira a notícia completa aqui.

2. Origem de pilar encontrado em praia do Canadá

Em julho do ano passado, um pilar misterioso foi encontrado em uma praia no Canadá. Na última semana, especialistas finalmente descobriram sua origem: ele era indígena. O artefato ainda não foi datado, mas é provável que ele tenha sido uma pedra especial criada para rituais e cerimônias.

Confira a notícia completa aqui.

3. Naufrágio de 300 anos no mar da Noruega

Mergulhador segura grande frasco encontrado no veleiro / Crédito: Divulgação

Mergulhadores descobriram na costa de Mandal Dykkerklubb, Noruega, um veleiro irlandês com excelente preservação que afundou em 1720. Durante 300 anos, seu paradeiro permaneceu desconhecido. Agora, os pesquisadores identificaram, além do navio, um pote de barro, um cachimbo de giz, garrafas e porcelanas bem preservados.

Confira a notícia completa aqui.

4. Etiquetas de identificação de crianças em Sobibor, na Polônia

Arqueólogos encontraram etiquetas de identificação de metal de quatro crianças enviadas ao campo de extermínio de Sobibor, na Polônia. Os identificadores pessoais eram de jovens de 5 a 11 anos de idade, todos de Amsterdã, Holanda e mostravam seus nomes, data de nascimento e cidade natal.

Confira a notícia completa aqui.

5. Raro forno romano em estrada do Reino Unido

Escavações realizadas ao longo da rota da Spalding Western Relief Road, no Reino Unido, revelaram um item bastante incomum: um raro forno romano, também conhecido como tannur. Os arqueólogos também descobriram uma pedra romana para moer grãos, um dedal medieval de cobre e um cabo de faca medieval feito de osso.

Confira a notícia completa aqui.

Mais em Aventuras na História

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.