Gleisi faz aceno a Dino, Boulos, e Ciro em evento de aniversário do PT

Presidente do partido convidou lideranças a fazer ronda pelo Brasil com Fernando Haddad para debater um projeto progressista.

Carta Capital – A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, deputada Gleisi Hoffmann (PR), fez um aceno a Guilherme Boulos (PSOL), Flávio Dino (PCdoB) e Ciro Gomes (PDT) para estabelecer o que chamou de “projeto de País soberano e justo”. A declaração ocorreu durante evento de aniversário de 41 anos do PT, nesta quarta-feira 10.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann. Foto: Reprodução
Gleisi Hoffmann, presidente do PT | Foto: Reprodução

“Precisamos, com urgência, estabelecer com os demais partidos que compartilham conosco o projeto de País soberano e justo, partidos que foram parceiros em tantas jornadas e nos governos democráticos e populares, e que têm suas lideranças legitimamente escaladas, dizer que queremos renovar o convite para construir o caminho da saída dessa crise para o Brasil”, afirmou Gleisi.

“Esse convite se estende a vários companheiros, como Guilherme Boulos, Flávio Dino e também Ciro Gomes”.

Em outro trecho do discurso, Gleisi pediu a Fernando Haddad que faça uma ronda pelo Brasil, como na última campanha presidencial. Segundo a deputada, o partido não irá esperar o reconhecimento dos direitos políticos de Lula para “colocar o bloco na rua”.

“Fernando Haddad, que é um grande companheiro, tem o passaporte na sociedade e a legitimidade para cumprir esse papel. Tem de percorrer o País, como percorreu em 2018, junto com as lideranças partidárias, e levar o nosso projeto para o debate com a sociedade e com todos os setores progressistas da política brasileira”, afirmou a petista.

Haddad havia assumido que, em conversa com Lula, aceitou ser candidato a presidente da República em 2022. Mas a esquerda ficou dividida. Boulos e Dino cobraram a elaboração de um programa que unifique os setores progressistas, antes que nomes sejam lançados à próxima eleição. Após a repercussão, Haddad afirmou que seu candidato é Lula.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.