Relatório imputa mais de 100 anos de prisão ao presidente Jair Bolsonaro

El PaísO relatório final da CPI da Pandemia, que deve ser lido hoje no Senado, imputa mais de 100 anos de prisão ao presidente da República, Jair Bolsonaro, afirma o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

“Engana-se aqueles que pensam que o relatório perdeu força, o relótorio imputa ao senhor presidente da República mais de 100 anos de prisão. O conjunto de crimes apontados indica isso”, afirmou em entrevista a jornalistas na manhã desta quarta, no Senado.

“O relatório aponta os esquemas de corrupção existentes no âmbito do Ministério da Saúde. Aponta 70 indiciados, empresas responsáveis em estrutuar o esquema de corrupção e é firme no macabro acontecimetno da Prevent Senior”, defendeu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *