Sem aumento de passagem, greve dos rodoviários chega ao fim na Grande São Luís

Após 12 dias de paralisação, chegou ao fim, na manhã desta segunda-feira (1º), a greve dos rodoviários na Grande São Luís. O anúncio foi feito pelo prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), que comunicou um acordo feito entre a prefeitura, o Sindicato das Empresas de Transporte (SET) e o Sindicato dos Rodoviários.

No comunicado, Braide afirma que o acordo não inclui aumento da tarifa de ônibus na capital. Com isso, os trabalhadores voltam ao trabalho ainda nesta segunda, em horário ainda não divulgado pelo Sindicato dos Rodoviários.

Em meio ao reflexo da paralisação, o atual prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou no sábado (30) a troca na pasta da Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT). Diego Baluz assume o cargo de secretário, que antes era de Cláudio Ribeiro, que estava na pasta desde o dia 1º de janeiro de 2021.

Sem aumento de passagem, greve dos rodoviários chega ao fim na Grande São Luís — Foto: Divulgação/Sindicato dos Rodoviários
Sem aumento de passagem, greve dos rodoviários chega ao fim na Grande São Luís — Foto: Divulgação/Sindicato dos Rodoviários

Condições acordadas

Justificando a paralisação, os rodoviários pediam um reajuste de 13% nos salários, jornada de trabalho de seis horas, tíquete de alimentação no valor de R$ 800, manutenção do plano de saúde e a inclusão de um dependente e a concessão do auxílio-creche, para trabalhadores com filhos pequenos.

No entanto, o acordo firmado entre prefeitura e sindicatos nesta segunda-feira determina:

  • Reajuste salarial de 5%;
  • Percentual de 6% no tíquete alimentação, que corresponde a R$ 620,00;
  • Não haverá descontos nos 12 dias de paralisação nos salários dos trabalhadores rodoviários;
  • As empresas que estão com meses de salários atrasados, terão o prazo de pagamento até quarta-feira (3).

Por meio de nota, o Sindicato dos Rodoviários confirmou o fim da greve na Grande São Luís. Veja, abaixo, a nota na íntegra divulgada pela categoria:

“O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informa, que a reunião que aconteceu na manhã desta segunda-feira (1), na Prefeitura de São Luís, houve um consenso entre as partes envolvidas.

O Presidente do Sindicato dos Rodoviários, Marcelo Brito, juntamente com a advogada da entidade, Valuzia Santos, trouxeram uma contraproposta da Prefeitura para a categoria apreciar:

– Reajuste salarial de 5%

– Percentual de 6% no tíquete alimentação, que corresponde a R$ 620,00 (seiscentos e vinte reais).

Leia mais em G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *