Bolsonaro depõe à PF sobre suposta interferência na polícia

Jair Bolsonaro
Foto: Adriano Machado / Reuters
Terra – Jair Bolsonaro (sem partido) prestou depoimento à Polícia Federal na noite de quarta-feira, 3, no inquérito que investiga sua suposta interferência na corporação, informa a CNN Brasil nesta quinta-feira, 4.

A oitiva ocorreu devido a uma determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de que o presidente fosse ouvido pela PF dentro de 30 dias – prazo que se encerraria nesse domingo, 7.

Com o depoimento do presidente, o inquérito deve ser enviado ao procurador-geral da República, Augusto Aras, a quem cabe a responsabilidade de abrir uma investigação contra o chefe do Executivo.

O inquérito foi aberto após Sergio Moro, então ministro da Justiça do governo Bolsonaro, revelar que o presidente o pressionava para mexer no comando da Polícia Federal. Moro deixou o cargo em meio à polêmica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *