Inep tem debandada a poucos dias da realização do Enem

Fachada do Ministério da Educação, em Brasília
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado / Estadão
Terra – O Ministério da Saúde sofre com uma debandada a 13 dias da realização do Enem (Exame do Ensino Médio). Neste segunda-feira, 8, 29 servidores pediram exoneração e dispensa coletiva.

O jornal O Estado de S. Paulo teve acesso a carta de demissão que os trabalhadores entregaram. No documento, eles afirmam que a decisão foi tomada pela “fragilidade técnica e administrativa da atual gestão máxima do Inep”. Ele ressaltam que pelo “compromisso com a sociedade e o empenho com as atividades realacionadas às metas de 2021”.

Atualmente, o Inep possui 164 servidores. O número de pedidos de demissão representa 58% dos coordenadores do órgão. Porém, muitos substitutos dos cordenadores também estão saindo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *