PL cancela filiação de Bolsonaro “após intensa troca de mensagens na madrugada”

Em Dubai, Bolsonaro apontou divergência e anunciou que “casamento” com Valdemar Costa Neto não será no dia 22, como previsto. “Você já quer saber a data da criança se eu nem casei ainda?”.

PL divulgou nota na manhã deste domingo (14) dizendo que a filiação de Jair Bolsonaro ao partido, anunciada para o próximo dia 22, foi cancelada após “intensa troca de mensagens na madrugada”.

O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, comunicou aos liberais que a cerimônia de filiação do presidente Bolsonaro ao PL não será realizada no próximo dia 22, conforme anunciado na última semana”, diz o texto.

Costa Neto, que já foi preso condenado por corrupção, teria passado a madrugada trocando mensagens com Bolsonaro, que está em Dubai.

“No comunicado de 8 linhas, enviada na manhã desde dia 14 de novembro, o liberal esclareceu que a decisão resultou de uma ‘intensa troca de mensagens na madrugada deste domingo, 14, com o presidente Jair Bolsonaro’. Segundo o mesmo comunicado, a decisão foi tomada ‘de comum acordo’ entre Costa Neto e Bolsonaro”, diz a nota.

Casamento com Valdemar da Costa Neto

O comunicado foi divulgado após Bolsonaro tornar público, nos Emirados Árabes, que pode “atrasar um pouco o casamento” com Costa Neto.

O casamento tem que ser perfeito. Se não for 100%, que seja 99%. Se até lá nós afinarmos pode ser, mas eu acho difícil essa data, 22. Tenho conversado com ele [Valdemar], estamos de comum acordo que podemos atrasar um pouco esse casamento, para que ele não comece sendo muito igual aos outros”, afirmou durante visita à Dubai Air Show.

Bolsonaro afirmou que “não vai aceitar em São Paulo o PL apoiar alguém do PSDB“, onde ainda não tem candidato, mas pretende lançar o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

“A gente não vai aceitar em São Paulo o PL apoiar alguém do PSDB. Não tenho candidato em São Paulo ainda, talvez o Tarcísio aceite esse desafio. Seria muito bom para São Paulo e para o Brasil, mas temos muita coisa a afinar ainda”.

O presidente ainda alegou divergências programáticas com Costa Neto.

“Nós queremos um projeto de Brasil, e o discurso não é apenas o meu, é do presidente do partido também. Temos que estar alinhados. Por exemplo, o discurso meu e do Valdemar nas questões das pautas conservadoras, nas questões de interesse nacional, na política de relações exteriores, que está indo muito bem“, disse o presidente.

Segundo ele, a filiação só vale quando estiver assinada. “Enquanto não assinar, não vale. Você já quer saber a data da criança se eu nem casei ainda?“, afirmou.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *