Jogador do Fla atropela e mata ciclista entregador de app

Terra – Lateral presta depoimento na 16ªDP; elenco estava de folga depois de retornar de Pernambuco, onde o time jogou na sexta-feira.

Flamengo recebe proposta de R$ 40 milhões da MLS por Ramon - Mercado do  Futebol

Um ciclista morreu em um acidente de carro com o lateral-esquerdo Ramon, do Flamengo, na noite deste sábado, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, a vítima foi encaminhada para o Hospital Lourenço Jorge, mas já chegou ao local sem vida.

A vítima era Jonatas Davi dos Santos, de 30 anos, e era entregador de aplicativo.

Bombeiros e policiais militares foram chamados para o local. Informações preliminares indicam que o jogador de 20 anos prestou socorro e chamou assistência médica. Ramon depõe na 16ª Delegacia de Polícia, que fica no bairro onde ocorreu o acidente.

Investigações sobre o atropelamento ainda indicarão como aconteceu o acidente. Relatos iniciais não esclarecem se o ciclista cruzou a pista com semáforo aberto ou fechado.

Imagens do veículo mostram o parabrisa quebrado no lado do passageiro. Toda a lateral direita do carro também ficou danificadas, incluindo o retrovisor, que foi arrancado com o choque. A polícia pretende contar com imagens de câmeras de segurança do local, além da coleta de depoimentos para as apurações.

Ramon passou a ser mais utilizado na equipe principal do Flamengo nesta reta final de temporada. O atleta foi titular em sete dos últimos 11 jogos da equipe rubro-negra no Campeonato Brasileiro. O lateral também participou de alguns jogos da Copa do Brasil e da Libertadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *