Bolsonaro sobre Moro: “Não aguenta 10 minutos de debate”

Bolsonaro x Moro: o que se sabe sobre a tentativa de troca do diretor da  Polícia Federal | Política | G1
DCM – Jair Bolsonaro conversou com apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada na noite desta segunda (6). Ele voltou a criticar seu ex-ministro, Sergio Moro. O presidente disse que o seu ex-parceiro não tem capacidade para participar dos debates eleitorais. Em 2018, o governante fugiu do “combate” contra Fernando Haddad.

“O Moro [quando era ministro da Justiça] falou que podia ser mais rígido, me peitar mais durante a questão da portaria das armas. Como o cara vai trabalhar comigo sabendo que eu sou armamentista e depois trabalhar contra [o porte de armas]? Descobri isso mais tarde”, falou ele.

Ele acusou Moro de ter uma ideologia de esquerda e que o ex-juiz tem o copiado para conquistar eleitores. Um pouco nervoso, Bolsonaro ainda declarou que seu ex-companheiro não tem capacidade para participar de um debate.

“Tem que ter caráter né? Dizer: ‘Eu não vou trabalhar porque sou de esquerda’. Para tentar copiar meu ‘Brasil acima de tudo e Deus acima de todos’, ele [Moro] botou ‘O povo acima de tudo’. Esse não aguenta 10 minutos de debates”, completou o presidente da República.

Bolsonaro e o debate eleitoral

Bolsonaro surpreendeu ao falar que Moro não tem capacidade para participar de um debate eleitoral. Em 2018, o presidente foi massacrado pelos seus adversários, inclusive para Marina Silva. Tentou falar sobre a bíblia e acabou passando vergonha, porque a ex-ministra é evangélica e tem muito conhecimento do livro.

Durante a campanha, ele foi esfaqueado e precisou ficar em repouso. Porém, no segundo turno, o presidente poderia ter participado do debate contra Haddad. Só que ele optou por não enfrentar o petista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *