Lula é líder, Moro estaciona e Bolsonaro para de cair: leia as pesquisas eleitorais da semana

Petista mantém vantagem na liderança das intenções de voto na disputa pela Presidência da República em 2022 – Ricardo Stcukert e Agência Brasil | Montagem: Brasil de Fato
Corrida eleitoral ao Planalto teve novos levantamentos divulgados por Exame/Ideia e Quaest/Genial Investimentos.

A semana da corrida eleitoral pela Presidência da República em 2022 foi marcada pela divulgação de duas novas pesquisas de opinião.

Os levantamentos apontaram liderança do ex-presidente Lula (PT), com o presidente Jair Bolsonaro (PL) na segunda posição e o ex-juiz Sergio Moro (Podemos) na terceira colocação.

Nesta sexta-feira (10), pesquisa feita pela Ideia, encomendada pela revista Exame, apontou vantagem do petista no primeiro turno. Os resultados apontam que ele ganharia as eleições no segundo turno contra qualquer adversário. Clique aqui e faça o download da íntegra.

Em um cenário com todas as pré-candidaturas consideradas, Lula soma 37%, Bolsonaro tem 27%. Eles são seguidos por Moro (10%), pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT) (6%) e pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB) (4%).

Rodrigo Pacheco (DEM), Luiz Felipe D’Ávila (Novo) e Cabo Daciolo (Patriota) marcam 1% cada. Em votos válidos, Lula tem 43%.

A pesquisa foi realizada de 6 a 9 de dezembro. A margem de erro é de 3 pontos para mais ou para menos. Os dados foram coletados por contato telefônico com moradores de todas as regiões do país. Foram utilizadas 1.200 entrevistas.

Na quarta-feira (8), a pesquisa feita pela Quaest, encomenda pela corretora Genial Investimentos, mostrou que Moro teria 7,5% e que Lula poderia ganhar no primeiro turno em qualquer cenário testado. Clique e faça o download da íntegra.

O estudo aponta que Lula tem 42,6% das intenções de voto, superando Bolsonaro, que aparece com 24,2%, Moro, com 7,5%, e Ciro, com 5,3%. Em votos válidos, o petista teria 50,6%.

A pesquisa foi realizada no período de 24 a 28 de novembro de 2021. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Os dados foram coletados presencialmente em 135 municípios das 24 unidades federativas. Foram utilizadas 2.000 entrevistas.

Moro desacelera

Levantamento feito pela Ideia/Exame, divulgado em 12 de novembro, apontava Lula com 35% e Bolsonaro, 25%. Os dois apresentaram estabilidade no novo estudo do mesmo instituto, enquanto Moro, que aparecia com 5%, teve crescimento de 5 pontos percentuais.

Mais em Brasil de Fato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *