Como os chutes a gol de Messi deram ímpeto a aulas de matemática no sertão de Alagoas

Erros e acertos de Messi em chutes de fora da área viraram tema de um exercício de matemática…
Em abril de 2019, para analisar o desempenho do jogador Lionel Messi em seu então clube, o Barcelona, o site de análise de dados FiveThirtyEight reuniu em um gráfico os mais de 120 chutes a gol feitos pelo craque argentino de fora da área, nas temporadas entre 2017 e 2019 da Liga Espanhola e da Liga dos Campeões.

A conclusão dos analistas do FiveThirtyEight era de que Messi (hoje no PSG) era o “motor” dos gols e tentativas de gols de seu antigo clube, até mais do que quando o argentino estava no auge de sua carreira.

Agora, mais de dois anos depois, os erros e acertos de Messi no Barcelona estão servindo para reforçar as aulas de Matemática de alunos muito distantes do estádio do Camp Nou – em Santana de Ipanema, cidade de 48 mil habitantes no sertão de Alagoas.

Ao ver o gráfico do desempenho de Messi (abaixo), a professora Claricy Alves Silva enxergou uma oportunidade para engajar seus estudantes do 2° ano do ensino médio na Matemática da vida real, indo além de fórmulas e conceitos – e estimulando o raciocínio.

Quando mostrei o gráfico, os alunos queriam uma resposta pronta sobre como interpretar aquilo; até começaram a pesquisar na internet. Quando viram que não era essa a finalidade, mergulharam na atividade”, explica Claricy Silva à BBC News Brasil.

A primeira conclusão é que se Messi erra tanto (foram cerca de 20 gols marcados entre os 120 chutes de fora da área), e mesmo assim é o melhor do mundo (o argentino recebeu o prêmio Bola de Ouro em novembro, pela sétima vez em sua carreira), é porque ele é muito persistente”, conta a professora.

Mais em BBC NEWS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *