VÍDEO mostra homem armado ameaçando matar Elizabeth II ’em vingança por massacre colonial’

Sputniknews – O intruso do Castelo de Windsor, que foi detido no dia de Natal, alegadamente ameaçou assassinar a rainha britânica em “vingança” pelos crimes coloniais da nação, segundo um vídeo divulgado por vários tabloides.

Mídias britânicas ligaram o homem detido no sábado (25) a um homem em um vídeo no Snapchat, onde ele disse ter planejado matar a rainha Elizabeth II em ato de vingança pelo Massacre de Amritsar, no norte da Índia, em 1919. Com capuz negro e máscara branca e segurando uma balestra, ele disse em uma voz distorcida:

“Peço desculpa, peço desculpa pelo que fiz e pelo que vou fazer. Vou tentar assassinar Elizabeth, rainha da Família Real”.

Apenas 24 minutos após o vídeo ter sido compartilhado, o suspeito foi detido por agentes armados no território do castelo, a cerca de 500 metros dos apartamentos privados da rainhade acordo com The Sun. Ele tinha escalado um muro exterior por meio de uma escada de corda para invadir a propriedade, ativando alarmes e sendo detectado por câmeras de vigilância.

Naquele momento, a rainha tomava o café de manhã, enquanto a polícia informou a ela e aos membros da família real sobre o incidente.

Ele disse que planejava assassinar a rainha em vingança pelo massacre de Amritsar em 1919 e também por pessoas serem discriminadas devido à sua raça.

O Massacre de Jallianwala Bagh, conhecido também como Massacre de Amritsar, ocorreu no estado de Punjab na Índia Britânica, quando as tropas coloniais mataram pelo menos 379 manifestantes e feriram mais 1.200.

O homem no vídeo disse que ele é sikh indiano. O vídeo de vigilância do Castelo de Windsor também mostra um intruso usando um traje de treino preto e uma máscara branca, tal como o homem do vídeo do Snapchat. A roupa parece ter sido inspirada pelo filme “Guerra nas Estrelas”, enquanto o homem se referiu a si mesmo como um Sith, em referência aos inimigos dos Jedi, da franquia. Ele também disse que seu nome “era” Jaswant Singh Chail, mas agora ele “é Darth Jones”.

A polícia não identificou o suspeito pelo nome, mas informou que eles estão analisando o vídeo como parte da investigação. O intruso foi preso em termos da Lei da Saúde Mental, o que significa que ele será confinado sob cuidados psiquiátricos e aguardando processo judicial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *