Por que os filhos de Chico Anysio são proibidos de usarem os personagens do pai?

O humorista Chico Anysio morreu aos 80 anos de idade há exatamente uma década, 23 de março de 2012, vítima de complicações cardiorrespiratórias. Dono de mais de 200 personagens, nenhum deles pode ser interpretados ou negociados por seus filhos. Mas qual o motivo? Simples: os direitos pertencem ao Grupo Globo.

Em junho de 2020, Nizo Neto, um dos filhos do artista, numa entrevista concedida ao canal da jornalista Lisa Gomes no YouTube, revelou que o pai havia assinado um contrato passando todos os direitos de mais de duas centenas de personagem à emissora “Ele assinou um contrato que tinha uma cláusula dizendo que os personagens pertenciam à Globo”, resumiu.

De fato, todas as vezes que personagens de Chico foram usados, se tratou de projetos da própria Globo, como é o caso de Bruno Mazzeo em A Escolinha do Professor Raimundo, que está no ar até hoje, mas em reprises nas tardes de sábado da emissora, por exemplo.

Os personagens inesquecíveis de Chico Anysio

Na Globo, Chico esteve desde 1970 até sua morte e comandou programas como o Chico Anysio Especial, Chico City, Chico Total, Chico Anysio Show e integrou o auge do Zorra Total (1999-2015), logo em seu início. 

Dentre seus personagens mais famosos, estão, por exemplo, Professor Raimundo, que bem ou mal está no ar até hoje na TV. Nele, Chico interpretava um típico professor brasileiro mal pago. “E o salário, ó…”, repetia ele, fazendo um gesto com a mão para representar a mixaria que recebia do governo para lecionar.

Mais em Na Telinha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *