Robótica do SESI-MA na pegada de carbono

O SESI-MA é pioneiro no Brasil em executar o projeto de compensação de carbono da etapa regional do Torneio SESI de Robótica no Maranhão.  

Sabia que é possível levantar a quantidade de dióxido de carbono (CO2) emitida por pessoas físicas, empresas, eventos, produtos e governos? O rastro de gases de efeito estufa (GEE) que as atividades humanas vão deixando é conhecido como pegada de carbono.&nb sp;Para pessoas e empresas, existem calculadoras que estimam o CO² emitido por meio de informações sobre o consumo. Com esses dados, é possível identificar quais as áreas ou atividades que emitem mais carbono, mas a intenção é evidenciar as medidas de redução voluntária desse gás. 

Nessa pegada, o SESI-MA é o precursor, no Brasil, em executar o p rojeto de compensação de carbono da etapa regional do Torneio SESI de Robótica FLL no Maranhão. Os alunos do SESI – São Luís que vão participar da competição estiveram no SESI Araçagi para darem o início à compensação, com o plantio de mudas na unidade, acompanhados pela equipe pedagógica da escola. O presidente da FIEMA e diretor regional do SESI, Edilson Baldez das Neves, e o superintendente regional do SESI, Diogo Lima, receberam os coletes do torneio, pelos competidores, como ato simbólico de início das atividades da competição. “Acho bem interessante essa ação, porque a gen te também cuida do meio ambiente”, disse a aluna do 7° ano da Escola SESI – São Luís, Fernanda Luyza Taborda. 

Mais em SESI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *