Vídeo de Bolsonaro é do VLT em Natal, não de ferrovia entre Pará e Maranhão

11.abr.2022 - Vídeo de Bolsonaro é de inauguração de trecho do VLT em Natal, não de ferrovia que liga Pará ao Maranhão - Projeto Comprova
11.abr.2022 – Vídeo de Bolsonaro é de inauguração de trecho do VLT em Natal, não de ferrovia que liga Pará ao Maranhão Imagem: Projeto Comprova

Conteúdo investigado: Publicações no Facebook e TikTok mostram um vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece a bordo de um trem e acena para o público. Os posts afirmam que a gravação foi feita em um trem que liga os estados do Pará e Maranhão.

Onde foi publicado: TikTok e Facebook

Conclusão do Comprova: Vídeo engana ao vincular Jair Bolsonaro e o governo federal à criação do serviço de transporte de passageiros na linha férrea entre o Pará e o Maranhão. O conteúdo enganoso tem aparecido recentemente nas redes sociais, em diferentes formatos.

O vídeo que ilustra a postagem mostra o presidente dentro de um vagão do Veículo Leve sobre Trilhos em Parnamirim, no Rio Grande do Norte. A obra é do governo federal. Já a estrada de ferro entre o Pará e o Maranhão, que também conta com o serviço de transporte de passageiros, está em operação há 36 anos pela Vale.

Para o Comprova, é enganoso o conteúdo retirado de contexto com o intuito de provocar interpretação diversa da realidade.

Alcance da publicação: O Comprova verifica os conteúdos duvidosos de maior viralização nas redes sociais. No TikTok o vídeo atingiu 549 mil visualizações, 53 mil curtidas e 3 mil comentários até o dia 11 de abril de 2022. Já no Facebook as publicações somam 200 interações.

O que diz o autor da publicação: O Comprova entrou em contato com o autor do post no Facebook, mas não obteve retorno. Não foi possível acionar o perfil do TikTok, pois de acordo com a plataforma, a conta não pode receber mensagens “devido a várias violações das Diretrizes da Comunidade”. No perfil, são compartilhados conteúdos pró-Bolsonaro.

Como verificamos: A análise do vídeo viral trouxe referência do bairro Cajupiranga, em Parnamirim, no Rio Grande do Norte, no letreiro eletrônico do trem. Em seguida, buscas por notícias na imprensa e em sites oficiais do governo federal mostraram o evento de inauguração da estação de Cajupiranga e da conclusão das obras do Trecho 1 do VLT da Grande Natal. A Agência Brasil e o site da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) repercutiram o evento, assim como os portais MetrópolesG1UOL, entre outros.

O Comprova também procurou pelos vídeos originais, que não foram encontrados. No entanto, a equipe chegou a outras gravações feitas no contexto do evento (1 e 2) e, com isso, foi possível confirmar a correspondência visual.

Por fim, entramos em contato com os autores das publicações.

Imagens não mostram trem que vai do Pará ao Maranhão

A única linha de trem de passageiros que liga o Maranhão ao Pará no Brasil é o trem da Estrada de Ferro Carajás. A linha percorre 861 km ao longo de 27 municípios, maioria no estado do Maranhão. Recentemente o Comprova verificou outra desinformação a respeito do tema. Na publicação, o autor agradecia Bolsonaro e o ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas pela operação da linha, no entanto, a verificação esclareceu que o trem não tem relação com o governo federal pois é de responsabilidade da empresa Vale e existe há 36 anos.

Nos comentários, usuários alertam para a informação falsa.

Vídeo é de evento de conclusão das obras de trecho de VLT em Parnamirim/RN

As imagens que mostram o presidente Jair Bolsonaro dentro de um trem acenando para o público foram gravadas na cidade de Parnamirim, no Rio Grande do Norte (RN). A visita, na manhã do dia 30 de março, consta na agenda do presidente, que participou, na ocasião, da cerimônia de inauguração da Estação Cajupiranga, na Linha Branca da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

O sistema de transporte de passageiros é no modelo VLT. O modal na Região Metropolitana de Natal é formado pelas linhas Branca e Roxa. As obras da Linha Branca foram iniciadas em fevereiro de 2021. Já as da Linha Roxa, em setembro de 2021.

O evento marcou, ainda, a conclusão das obras do Trecho 1 da Linha Branca, que é formada ainda pelos trechos 2 e 3. O sistema, incluindo as Linhas Branca e Roxa, parte do bairro Boa Esperança, em Parnamirim, e segue até São Gonçalo do Amarante/RN, como mostra trecho de documento localizado no site do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

De acordo com o documento, o governo federal está investindo um total de R$ 83.142.096,71 nas obras do sistema, que é operado pela CBTU.

“Com a construção das linhas Branca e Roxa, a malha ferroviária da Grande Natal se tornará a mais extensa do Nordeste e a terceira maior do país — atrás apenas das Regiões Metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro”, diz um trecho do documento.

Confirmação da localização das imagens

A confirmação da localização do presidente no trem em Parnamirim, e não na composição que vai do Pará ao Maranhão, como diz a postagem, se deu a partir da análise de outros vídeos sobre o evento disponíveis no YouTube. As imagens apresentam as mesmas características da que aparece na publicação do TikTok aqui verificada.

Reportagem da TV Brasil sobre a inauguração da estação do VLT em Cajupiranga, mostra o modal passando em buzinaço com o presidente dentro, a partir de 1’31. Já neste outro vídeo, a comparação entre as imagens não deixa dúvida. Em 9’51, é possível ver Bolsonaro dentro do vagão acenando para a população, ao lado do ex-ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho e de um cameraman.

Os mesmos personagens e as mesmas características do trem e do local também aparecem no vídeo verificado.

Evento de inauguração em Parnamirim custou R$ 550 mil

O documento localizado pelo Comprova no site do MDR, que aparece acima, é sobre contratação de empresa para a realização do evento “Inauguração da Estação Cajupiranga e conclusão da obra de expansão do primeiro trecho da Linha Branca” no dia 30 de março de 2022.

O valor total é de R$ 550 mil. Na página 3, aparece a descrição do serviço:

“Apoio na realização de eventos de inauguração entregas do Governo Federal. Planejamento do evento; Montagem da estrutura; Realização do evento; Desmontagem da estrutura; Prestação de contas”.

Por que investigamos: O Comprova investiga conteúdos suspeitos que viralizaram a respeito da pandemia de covid-19, políticas públicas do governo federal e eleições presidenciais. Publicações que exaltam feitos de pré-candidatos — no caso de Bolsonaro — e são baseadas em informações enganosas podem influenciar negativamente na escolha do eleitor. O voto é o principal instrumento de participação popular em uma democracia. A decisão sobre o candidato deve ser tomada com base em informações verdadeiras e confiáveis.

Outras checagens sobre o tema: As agências Lupa e Aos Fatos checaram o mesmo conteúdo e a conclusão foi igual à do Comprova, de que o vídeo foi feito na inauguração da estação de Cajupiranga e não no trem que liga o Pará ao Maranhão. Recentemente, o Comprova verificou que a linha de trem que liga o Pará ao Maranhão existe há 36 anos e não é obra do governo Bolsonaro, que a obra de uma ponte sobre o Rio das Mortes em Mato Grosso é de responsabilidade do estado e não do governo federal e que o Parque do Iguaçu foi criado por Vargas, não por Lula.

Este conteúdo foi investigado por imirante.com, Metrópoles e O Dia. A investigação foi verificada pelo Estado de S. Paulo, CBN Cuiabá, Plural Curitiba, SBT e SBT News. A checagem foi publicada no site do Projeto Comprova em 11 de abril de 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *