Lula celebra vitória na ONU: “estou de alma lavada”

Brasil 247 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comemorou, nesta quinta-feira (28), suas vitórias na Organização das Nações Unidas (ONU), que reconheceu a parcialidade de Sergio Moro contra o petista e confirmou a outra ilegalidade do ex-juiz sobre a interceptação telefônica de uma conversa entre Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016. 

“Hoje eu estou feliz, a decisão do tribunal da ONU lavou a minha alma. E eu só quero que a imprensa, que divulgou tantas mentiras sobre mim, peça desculpas e admita que foi enganada por Moro e Dallagnol”, escreveu o ex-presidente no Twitter. 

Os advogados Valeska e Cristiano Zanin Martins, responsáveis pela defesa de Lula, afirmaram que as decisões da ONU representaram uma vitória da democracia brasileira

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *