Lula avança para 46% e Bolsonaro fica estacionado, mostra pesquisa Genial/Quaest

Lula na liderança

RBA – Ex-presidente avança dois pontos percentuais em relação à pesquisa do mesmo instituto, de um mês atrás, e atual presidente fica estacionado em 29%. Lula pode vencer no primeiro turno.

Pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira (11) mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 46% das intenções de voto no cenário eleitoral com maior número de candidatos, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 29% das intenções de voto no primeiro turno. Em relação à pesquisa de um mês atrás, divulgada em 7 de abril, Lula cresceu dois pontos – o ex-presidente tinha 44% dos votos, e Bolsonaro ficou estacionado nos 29%, no cenário com mais candidatos. Apesar desse crescimento, como a margem de erro é de dois pontos, o cenário predominante é de estabilidade em relação a abril.

Com 46% das intenções de voto, Lula possui mais votos que todos os outros candidatos somados (44%), o que garantiria a vitória no pleito ainda no primeiro turno. No entanto, considerando a margem de erro de 2 pontos para mais ou para menos, o cenário ainda está longe de uma definição. A pontuação em votos totais garantiria a Lula um patamar de 51,1% dos votos válidos.

Na pesquisa divulgada hoje, depois de Lula e Bolsonaro aparecem Ciro Gomes (PDT), com 7%, João Doria (PSDB) e André Janones (Avante) com 3%, além de Simone Tebet (MDB) e Felipe d’Avila (Novo), com 1%. Luciano Bivar (União Brasil) não pontuou. Os que dizem que irão votar em branco, anular ou deixar de votar somam 6%. A proporção dos indecisos é de 3%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Duas mil pessoas foram entrevistadas entre os dias 5 e 8.

O diretor da pesquisa e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Felipe Nunes, destacou em sua conta no Twitter que o cenário eleitoral é de estabilidade, em relação à pesquisa anterior. “Após um mês repleto de atos, declarações e equívocos de ambos os lados, como explicar essa estabilidade?”, indagou.

O levantamento tem 95% de confiança. Ou seja, se 100 pesquisas fossem realizadas, ao menos 95 apresentariam os mesmos resultados dentro desta margem.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01603/2022.

Também foram testados outros cinco cenários de primeiro turno e três de segundo turno. Confira abaixo.

Primeiro turno

Intenção de voto estimulada para presidente

Cenário I

  • Lula (PT) – 46%
  • Bolsonaro (PL) – 29%
  • Ciro Gomes (PDT) – 7%
  • João Doria (PSDB) – 3%
  • André Janones (Avante) – 3%
  • Simone Tebet (MDB) – 1%
  • Felipe d’Avila (Novo) – 1%
  • Luciano Bivar (União Brasil) – 0
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 6%
  • Indecisos – 3%

Cenário II

  • Lula (PT) – 46%
  • Bolsonaro (PL) – 31%
  • Ciro Gomes (PDT) – 9%
  • João Doria (PSDB) – 4%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 7%
  • Indecisos – 3%

Cenário III

  • Lula (PT) – 50%
  • Bolsonaro (PL) – 33%
  • João Doria (PSDB) – 5%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 9%
  • Indecisos – 3%

Cenário IV

  • Lula (PT) – 51%
  • Bolsonaro (PL) – 33%
  • Simone Tebet (MDB) – 4%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 9%
  • Indecisos – 3%

Cenário V

  • Lula (PT) – 48%
  • Bolsonaro (PL) – 31%
  • Ciro Gomes (PDT) – 9%
  • Simone Tebet (MDB) – 2%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 7%
  • Indecisos – 3%

Cenário VI

  • Lula (PT) – 48%
  • Bolsonaro (PL) – 32%
  • Ciro Gomes (PDT) – 10%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 7%
  • Indecisos – 3%

Segundo turno

Intenção de voto estimulada para presidente

Cenário I

  • Lula (PT) – 54%
  • Bolsonaro (PL) – 34%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 9%
  • Indecisos – 2%

Cenário II

  • Lula (PT) – 53%
  • Ciro Gomes (PDT) – 24%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 21%
  • Indecisos – 2%

Cenário III

  • Lula (PT) – 58%
  • Simone Tebet (MDB) – 17%
  • Branco/Nulo/Não vai votar – 22%
  • Indecisos – 3%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *