12 de junho de 2024
DestaquesGeral

A história por trás da homenagem da rainha Elizabeth II esnobada por John Lennon

AH – Anos após ser homenageado com a ‘Magnífica Ordem do Império Britânico’, John Lennon decidiu devolver o título; entenda os motivos.

A honra de ser feito membro da ‘Magnífica Ordem do Império Britânico’ (MBE na sigla em inglês) é uma distinção concedida a pessoas que se destacaram em diferentes setores, como esportes, política, ciência, economia ou artes, devido às suas conquistas excepcionais.

Em 1965, a rainha Elizabeth II ofereceu aos Beatles a MBE em reconhecimento ao sucesso que trouxeram para a música do Reino Unido. Quatro anos depois, John Lennon devolveu a condecoração. O que o levou a tomar essa decisão?

A relação dos Beatles com a família real britânica já tinha sua história há alguns anos. Em 1963, John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr eram famosos na Inglaterra, mas não alcançaram fama internacional até sua participação no renomado programa Ed Sullivan Show, nos Estados Unidos.

Apesar disso, os Beatles foram convidados para se apresentar no Royal Variety Performance, um evento de gala beneficente organizado anualmente pela monarquia para arrecadar recursos.

Sem a rainha

No entanto, durante aquele ano, mesmo sendo a patrona vitalícia, a rainha Elizabeth II não compareceu ao evento devido à sua gravidez do príncipe Edward. Ela foi substituída pela rainha-mãe Elizabeth e pela princesa Margaret. Durante a apresentação, a mãe da monarca enfrentou uma situação embaraçosa.

Antes de encerrarem o show com ‘Twist And Shout, Lennon fez um discurso significativo. “Para a nossa última performance, peço a colaboração de todos vocês”, iniciou. “Aqueles nos assentos mais econômicos, que aplaudam ainda mais alto. Enquanto os demais agitem suas joias graciosas”, falou de forma irônica.

Após John dar um sorriso atrevido, o público ficou maravilhado, mas ao cortarem para a mãe da rainha, ela aparentou certo desconforto e apenas fez um aceno tímido. Embora John Lennon tenha usado um tom irônico, a performance dos Beatles foi elogiada tanto pela crítica quanto pela mãe da rainha Elizabeth II.

“Foi um dos melhores espetáculos que já presenciei. Esses Beatles são realmente fascinantes”, disse ela. A insatisfação parece ter sido superada pela família real, tanto que, dois anos mais tarde, Lennon, McCartney, Starr e Harrison foram convidados a se tornarem MBEs.

Quando eles recebiam a medalha, os quatro integrantes dos Beatles foram orientados sobre como se comportar diante da rainha, conforme Paul contou no Anthology.

“Uma autoridade nos instruiu a abordar a rainha dessa forma específica e a não iniciar conversa com ela a menos que ela nos dirija a palavra. No entanto, ela acabou sendo muito agradável. Demonstrou um ar um pouco materno, pois éramos jovens e ela era mais velha”, relatou ele.

Em 1969, explica a Rolling Stone Brasil, chamou a atenção a notícia de que John Lennon devolveu a sua honraria. Além da medalha, o Beatle também escreveu uma nota, um pouco controversa, justificando a razão pela qual devolveu.

“Vossa Majestade, estou devolvendo meu MBE como forma de protesto pelas ações do Reino Unido na situação da Nigéria-Biafra, pelo apoio prestado aos Estados Unidos no Vietnã e pelo fracasso de ‘Cold Turkey’ [música de Lennon] nas paradas de sucesso musical. Com afeto, John Lennon”.

Anos depois…

Em janeiro de 2009, foi reportado pelo periódico britânico The Times que, depois de ser perdido por 40 anos, o título honorífico devolvido por John foi finalmente encontrado no palácio de St. James, em Londres.

Antes disso, acreditava-se que a honraria, consistindo em uma cruz de metal, tinha sido derretida e reutilizada. No entanto, foi posteriormente mostrada na Chancelaria Central dentro do palácio de St. James, onde foi redescoberta, ainda na sua caixa original.

De acordo com o site do Governo do Reino Unido, embora “um indivíduo pode decidir renunciar à sua honra voluntariamente”, ele “ainda manteria a honra, a menos ou até que Sua Majestade a anule”. Como Elizabeth II não o fez, Lennon era oficialmente um MBE quando morreu, em 1980

Os demais membros dos Beatles mantiveram seus títulos de MBE. Por sua contribuição à música, Paul McCartney se tornou um cavaleiro em 1997 e foi chamado de ‘sir’. Ringo Starr recebeu a mesma honraria em 2018.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *