29 de maio de 2024
DestaquesGeralPolítica

Juscelino promete banda larga para todas escolas do Brasil

Band – Ministro das Comunicações falou dos desafios da pasta e projetos desenvolvidos para digitalização do Brasil, principalmente nas escolas.

O Canal Livre deste domingo (28) discutiu o futuro das telecomunicações no Brasil e a digitalização nas escolas. O programa recebeu o ministro das Comunicações, Juscelino Filho (União Brasil), que respondeu sobre o processo de digitalização e inclusão digital nas escola do país.

Questionado sobre como será o planejamento para incluir quase 140 mil escolas espalhadas pelo Brasil que estão fora da vida digital, o ministro conta que estão coordenando vários programas com o intuito de combater essas desigualdades que existem no Brasil e assim levar a infraestrutura para as escolas.

Juscelino Filho também ressaltou o PAC (Plano de Aceleração do Crescimento): “Está incluso nesse plano o eixo da Inclusão digital e conectividade, que tem como previsto até o final do ano de 2026, um investimento de cerca de R$ 28 bilhões.”

“Vamos levar banda larga para as escolas públicas até 2026”

Juscelino filho explicou sobre o programa de levar a inclusão digital nas quase 140 mil escolas. “Dentro do eixo da Inclusão digital e conectividade, está a ENEC, Estratégia Nacional das Escolas Conectadas, Programa que foi lançado no segundo semestre do ano passado e através disso vamos levar banda larga para 100% das escolas publicas do Brasil até o final de 2026”, afirmou.

“Tem uma quantidade de escolas, mas fica restrita apenas na administração da Escola, então os alunos não conseguem usar para uso pedagógico. Então, nessas escolas nós vamos ampliar a velocidade na rede, e colocando infraestrutura WiFi para que possam usar para fins pedagógicos. Já as que não tem nenhuma conectividade, vamos estar levando até elas.” concluiu. O Ministro das Comunicações também abordou que dentro dessa estratégia, que todas UBS (Unidade Básica de Saúde) que estiver até 500 metros dessas escolas, também serão abastecidas com a conectividade.

“Não há inclusão social sem inclusão digital”

 “Muitos projetos estruturantes estão sob a nossa coordenação, que vai justamente desde expandir a infraestrutura de telecomunicações pelo país e levar a inclusão digital, porque nós acreditamos, tanto eu como o presidente Lula, que nos dias de hoje não há inclusão social sem inclusão digital. Então isso caminha junto. Isso quer dizer diminuir desigualdades sociais, que ainda estão muito presentes em várias regiões do nosso país. E é o papel do governo federal justamente coordenar essas políticas públicas para fazer chegar essas infraestruturas onde ainda não chegou”, disse o ministro. 

Questionado sobre as escolas, que em diversos estados não estão conectadas, Juscelino Filho destacou que essa missão está no novo PAC do governo federal.

“Justamente na pandemia nós sentimos o quanto estávamos atrasados e quanto isso impactou de não termos esse ambiente digital presente na educação. E preocupado com tudo isso, o presidente Lula pediu para incluir dentro do PAC um novo eixo estratégico que não constou em nenhuma edição dos PACs anteriores, que é o eixo inclusão digital e conectividade. Temos investimentos previstos dentro desse eixo para até o fim de 2026 de 28 bilhões de reais em programas de governo. Muitos desses recursos frutos do leilão do 5G, que foi feito, e outros do orçamento geral e outros das parcerias com a iniciativa privada”, completou. 

A BandNews TV transmite o Canal Livre às 20h. Depois do “Top Cine”, o programa é reexibido na TV aberta, na tela da Band.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *