18 de julho de 2024
DestaquesGeral

Neymar está ligado à PEC da privatização das praias? Entenda por que ele é atacado

Revista Fórum – Jogador é alvo de uma enxurrada de críticas que o relacionam à medida que pretende tornar praias brasileiras áreas exclusivas para ricaços. Veja a razão.

O Brasil esperneou nos últimos dias com a escandalosa e absurda PEC da privatização das praias, uma iniciativa relatada pelo senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) que quer simplesmente tornar legal a restrição de pessoas nesses trechos do litoral brasileiro, que passariam a ser “particulares”, ou seja, com dono. Na prática, a medida tem por objetivo transformar um dos programas mais democráticos da cultura do país numa atividade exclusiva para ricaços. Uma enquete no site do Senado Federal mostrou que mais de 95% dos brasileiros são contrários à ideia, o que fez com que o assunto fosse retirado da pauta daquela casa legislativa, pelo menos por ora.

No meio da gritaria para preservar o sagrado direito dos cidadãos se divertirem, o nome do jogador Neymar foi parar entre os termos mais citados nas redes sociais nos últimos dias, alvo de uma enxurrada de ataques e críticas ferrenhas. Ele passou a ser acusado de estar ligado diretamente à PEC da privatização das praias, e o motivo para isso é bem simples.

Nos últimos tempos, o atleta, que na verdade há anos se destaca muito mais por suas polêmicas da vida pessoal do que pelas conquistas dentro de campo, andou fazendo publicidade e emprestando sua imagem para um megaempreendimento de luxo que estaria justamente interessado no processo de tornar as praias brasileiras áreas privadas.

O luxuosíssimo “Rota Due Caribe Brasileiro”, uma espécie de supercondomínio com aproximadamente 30 propriedades suntuosas num trecho contínuo de 100 km entre os litorais de Pernambuco e Alagoas, que poderia render até R$ 7,5 bilhões (com a unidade saindo por módicos R$ 250 milhões), passou a ser divulgado e incentivado por Neymar em suas redes sociais, numa clara ação publicitária. Ou seja, com o jogador recebendo supostamente um belo cachê para fazer lobby em favor do empreendimento.

“Estou junto com a Due na criação da ‘Rota Due Caribe Brasileiro’. Vamos transformar o litoral nordestino e trazer muito desenvolvimento social e econômico para a região. Em breve, mais novidades”, diz o atacante do Al-Hilal da Arábia Saudita na publicação. Transformar o litoral nordestino? Trazer desenvolvimento social e econômico para a região? Enfim, a propaganda do craque caiu como uma bomba e ele passou a ser alvo de diversos ataques e críticas, sempre relembrando que o boleiro vive se colocando do lado errado de temas sensíveis à maioria das pessoas.

Ambientalistas que combatem com veemência a PEC da privatização das praias turbinaram ainda mais os impropérios contra o jogador, uma vez que materiais de conscientização espalhados na internet trazem o caso do “Rota Due Caribe Brasileiro” e, de quebra, mencionam o apoio de Neymar ao projeto, que no Senado é estimulado e relatado por Flávio Bolsonaro, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), de quem o jogador e sua família são muito admiradores.

A incorporadora responsável pelo empreendimento atacado, que seria beneficiado com a possibilidade de se privatizar as praias brasileiras, diante de tanto furdunço, resolveu emitir uma nota para afirmar que a aprovação ou não da PEC sequer traria qualquer impacto para o condomínio de magnatas.

“Garantindo a transparência das nossas comunicações, reforçamos publicamente que a responsabilidade ambiental e social são valores imutáveis dentro da nossa empresa e projetos. Cumprimos as mais rigorosas leis de proteção ambiental e realizamos projetos próprios de preservação do meio ambiente. Tais valores e práticas permanecem e permanecerão. Nossos empreendimentos não sofrerão qualquer impacto, seja positivo ou negativo, com a PEC 03/2022, como levianamente imputado por algumas pessoas em seus canais de mídia social e replicado em alguns veículos de comunicação. Nos colocamos à disposição da sociedade, governos e clientes para mais esclarecimentos pelo email faleconosco@dueincorporadora.com.br”, diz o comunicado da empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *