18 de julho de 2024
DestaquesGeral

Raí discursa contra a extrema direita para manifestantes em Paris

Revista Fórum – Ídolo do São Paulo, do Paris Saint Germain e tetracampeão do mundo com a seleção brasileira, ex-atleta também se destaca por defender a democracia.

O ex-jogador Raí está em Paris, na França, onde compareceu a uma manifestação nesta terça-feira (3) e discursou contra a extrema direita às vésperas do segundo turno das eleições parlamentares francesas, que ocorrem no próximo domingo (8).

No primeiro turno, o Reunião Nacional liderado por Marine Le Pen saiu vencedor com 33% dos votos. A Nova Frente Popular, de esquerda, obteve 28%, e o bloco de centro direita do presidente Emmanuel Macron teve 20% dos votos.

Além de ídolo do São Paulo e tetracampeão do mundo com a seleção brasileira em 1994, Raí também é ídolo do Paris Saint Germain, o principal clube de futebol da capital francesa. Ele ficou quase 7 anos no clube, onde conquistou a Ligue 1 (Campeonato Francês) na temporada 1993-94, foi bicampeão da Copa da França (94-95 e 97-98) e campeão da Recopa Europeia (95-96).

O ex-jogador, aclamado pelos torcedores parisienses, fez seu discurso durante o comício da Nova Frente Popular, a coligação de partidos de esquerda que pretende formar um bloco com a centro-direita de Macron para fazer frente a extrema direita.

“Conheço bem a extrema direita. O que eles fazem de melhor é mentir. Eu os conhecia no poder. A extrema direita é o fim do mundo, é o fim dos direitos humanos, da humanidade”, disse o ex-jogador.

Raí é conhecido como um defensor da democracia e em 2022 fez campanha pela eleição do presidente Lula (PT) a fim barrar uma catastrófica reeleição de Jair Bolsonaro (PL). Na tentativa de incentivar os franceses a derrotar a extrema direita, ele alertou para os estragos que Bolsonaro causou no Brasil.

“No Brasil vivemos um pesadelo. Foram quatro anos de misoginia, quatro anos de homofobia, preconceito, milhares de mortes, desmatamento. A extrema direita é o ódio. Se quisermos mudar nossa realidade, nosso poder de compra e nossas vidas, vamos mudar com uma estratégia, um projeto, uma nova política. Mas os nossos valores fundamentais nunca devem mudar”, discursou.

Raí finalizou o discurso pedindo para que os franceses compareçam às urnas e derrotem a extrema direita no domingo. “Vão votar, meus amigos franceses, vão convencer seus amigos, sua família a votar, pela França, pela humanidade, pelo planeta, pela raça humana. Viva a França, viva a República e viva a democracia”, declarou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *