12 de junho de 2024
DestaquesGeral

Culto: Djidja acreditava ser Maria Madalena, “irmã” de Jesus e “filha” de Maria

DCM – Após a divulgação de que Cleusimar e Ademar Cardoso, mãe e irmão presos pela morte de Djidja Cardoso, acreditavam ser Maria e Jesus, a polícia que investiga o caso confirmou que a vítima fazia parte da seita “Pai, Mãe, Vida” em que também se apresentava como Maria Madalena. A causa do óbito ainda não foi determinada, mas a Polícia Civil do Amazonas investiga a possibilidade de abuso de fármacos psicotrópicos.

Segundo a investigação, a família forçava funcionários de uma rede de salões de beleza a consumirem ketamina, uma droga com efeitos alucinógenos. O delegado Daniel Antony, da Delegacia de Homicídios, afirmou que a morte de Djidja pode ter sido causada pelo uso excessivo de drogas, mas ainda não há elementos suficientes para afirmar que se trata de homicídio.

Mandados de prisão foram expedidos pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico contra três funcionários da rede de salões Belle Femme. Durante as operações, foram encontradas centenas de seringas, algumas prontas para uso, e doses da droga. Além disso, Ademar Cardoso também foi alvo de um mandado de prisão pelo crime de estupro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *