27 de maio de 2024
DestaquesGeralPolítica

Do STF, Dino manda recado a “nefelibatas”, mirando ataques de Musk a Moraes

Revista Fórum – Ministro se pronunciou sobre as últimas afrontas e ameaças do bilionário e afirmou que são “infundadas”, um “procedimento indigno e inócuo”.

Nesta quarta-feira (10), o ministro Flávio Dino, do Supremo Tribunal Federal (STF), declarou em suas redes sociais que os constantes ataques do bilionário Elon Musk ao ministro Alexandre de Moraes é um “procedimento indigno e inócuo” e que “a nota oficial de Barroso é uma mensagem muito clara para eventuais interessados, interesseiros, nefelibatas ou oportunistas.”

Moraes foi criticado por Musk, proprietário da rede social X, antigo Twitter, por suas decisões de bloquear perfis que divulgavam informações falsas. Como resposta, Moraes incluiu Musk na investigação conhecida como inquérito das milícias digitais e iniciou uma investigação contra ele. Veja a declaração completa de Flávio Dino:

Pela língua portuguesa, “inócuo” se refere a algo que não causa dano ou prejuízo ou que não produz o efeito esperado. Já a expressão “nefelibatas” é alguém que “anda nas nuvens”. Este termo é geralmente usado para descrever uma pessoa que vive em um mundo de sonhos e fantasias, distante da realidade em que vive. Dino também compartilhou a nota oficial divulgada pelo presidente do STF.

Confira a nota completa:

“Como é público e notório, travou-se recentemente no Brasil uma luta de vida e morte pelo Estado Democrático de Direito e contra um golpe de Estado, que está sob investigação nesta Corte com observância do devido processo legal.

O inconformismo contra a prevalência da democracia continua a se manifestar na instrumentalização criminosa das redes sociais.

O Supremo Tribunal Federal atuou e continuará a atuar na proteção das instituições, sendo certo que toda e qualquer empresa que opere no Brasil está sujeita à Constituição Federal, às leis e às decisões das autoridades brasileiras.

Decisões judiciais podem ser objeto de recursos, mas jamais de descumprimento deliberado. Essa é uma regra mundial do Estado de Direito e que faremos prevalecer no Brasil.”

Musk X Moraes

A polêmica entre Elon Musk e Alexandre de Moraes teve início no sábado (6), quando Musk postou na plataforma uma série de mensagens criticando o juiz e até ameaçou encerrar as operações do escritório do X no Brasil. Em seguida, o ministro Alexandre de Moraes decidiu incluir o bilionário Elon Musk no inquérito das fake news e das milícias digitais. 

Um dia após ser incluído como investigado no inquérito, o empresário que já assumiu ter patrocinado um golpe de Estado na Bolívia reforçou os ataques ao magistrado, fazendo coro com bolsonaristas e questionou a legitimidade da eleição que alçou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto.

Em outras postagens, Musk disse que Moraes conseguiu se tornar um “ditador” no Brasil ao manter Lula “em uma coleira” e, entre outros impropérios, que o ministro do STF “tirou Lula da prisão e colocou o dedo na balança para eleger” o atual presidente – sendo que Moraes não teve qualquer interferência na decisão do STF que anulou as condenações contra o mandatário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *