18 de julho de 2024
DestaquesGeralPolítica

Pitbull ataca e mata o dono nove dias após caso de Roseane Murray

Revista Fórum – Um guarda municipal que mora ao lado ouviu os seus gritos e, enquanto tentava salvar o tutor, acabou matando o animal com um tiro.

Um novo ataque de um cão da raça pitbull motivou, desta vez, a morte de seu dono. Ugo Otávio Tobias, de 31 anos, foi atacado neste domingo (14), em Mogi Mirim, no interior de São Paulo. Ele era epilético, tomava remédios controlados e foi atacado pelo cachorro durante uma crise da doença.

Um guarda municipal que mora ao lado ouviu os seus gritos e, enquanto tentava salvar o tutor, acabou matando o animal com um tiro.

No momento do ataque, que ocorreu dentro da casa, o cão avançou contra o dono e o atacou com várias mordidas, principalmente no pescoço. Um irmão, a mulher e dois filhos dele estavam na residência, no bairro Parque das Laranjeiras.

O irmão ainda tentou laçar e afastar o animal, mas não conseguiu. O guarda municipal ouviu os gritos da família, pulou o muro e tentou socorrer a vítima. O cão, no entanto, estava muito agitado e tentava atacar a todos. Ele, então, matou o pitbull com um tiro.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada pelo Corpo de Bombeiros e constatou a morte da vítima no local por hemorragia.

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar e o caso será investigado pela Polícia Civil.

O caso ocorreu apenas 9 dias após o ataque sofrido pela escritora Roseane Murray em Saquarema (RJ). Ela teve um braço e uma orelha amputados por três pitbulls que viviam em uma casa vizinha a sua.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *