18 de julho de 2024
DestaquesGeral

VÍDEO – Lula compara tentativa de golpe na Bolívia ao 8/1 no Brasil: ‘Democracia prevaleceu’

DCM – Após participar da Cúpula do Mercosul no Paraguai nesta terça-feira (9), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se encontrou com o presidente boliviano Luis Arce em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Logo após o encontro, Lula e o presidente da Bolívia fizeram uma declaração conjunta à imprensa. Lula agradeceu e parabenizou as instituições bolivianas pela resistência frente à recente tentativa de golpe, e comparou a quartelada boliviana ao 8 de janeiro bolsonarista no Brasil, quando as instituições democráticas também prevaleceram.

“Quero agradecer ao presidente Arce por me receber neste momento em que as instituições bolivianas mostraram seu valor frente a uma grave ameaça. Minha vinda nesta agenda diplomática e comercial simboliza mais que a retomada de uma relação de amizade. Assim como no Brasil, a democracia boliviana prevaleceu após um longo caminho entrecortado por golpes e ditaduras,” declarou Lula.

“O povo boliviano já havia provado desse gosto amargo com o golpe de 2019 e agora se viu acometido pela tentativa de 26 de junho deste ano. Não podemos tolerar devaneios autoritários e golpismos. Temos a enorme responsabilidade de defender a democracia contra as tentativas de retrocesso”, conclui o presidente do Brasil.

A tentativa de golpe na Bolívia ocorreu no dia 26 de junho, quando o ex-comandante do exército boliviano, general Juan José Zúñiga, mobilizou tropas e tanques na capital, La Paz, chegando a invadir o palácio presidencial. O governo de Luis Arce classificou a ação como uma “mobilização militar irregular.” Zúñiga foi preso por tentativa de golpe. Na ocasião, Lula afirmou que “a democracia deve prevalecer na América Latina, golpes nunca deram certo.”

 

One thought on “VÍDEO – Lula compara tentativa de golpe na Bolívia ao 8/1 no Brasil: ‘Democracia prevaleceu’

  • Tatiane silva de Medeiros

    Devemos seguir atentos e nos manifestando em redes sociais em defesa da democracia, pois infelizmente o ela está correndo risco d ser engolida por partidos e políticos de eleitores, sem noção de humanidade e talvez até desequilibrados.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *