20 de julho de 2024
DestaquesGeralPolítica

Bolsonaristas distorcem fala de Supla sobre “roubar com amor”; entenda

DCM – O cantor Supla gravou um vídeo para explicar uma declaração sua que foi distorcida por bolsonaristas e viralizou nas redes. Durante participação no programa “Caldeirão com Mion”, da TV Globo, ele falou sobre “roubar com amor” e a frase acabou sendo manipulada e compartilhada como se ele estivesse defendendo criminosos.

“Se roubar com amor não tem problema. Então, não, eu vou falar uma coisa que eu nunca falei aqui, mas eu vou falar, todas essas coisas que você faz assim, Meu, isso é Stallone, é Idol, é fucking Punk Rock! E eu gosto, e é Marcos Milhão, e eu adoro quando você faz também”, afirmou o artista durante o programa.

O trecho tem sido compartilhado nas redes de forma descontextualizada com um áudio de fundo dizendo “faz o L”. Vale lembrar que Supla é filho do deputado estadual Eduardo Suplicy (PT-SP).

“Eu nem curto essas polêmicas de internet e tal, mas vi um vídeo ao meu respeito que foi reeditado muito na má-fé, na maldade mesmo”, afirma o artista no vídeo publicado em suas redes. Ele explicou que a fala é uma referência a uma declaração de Tom Jobin e foi usada após o apresentador dizer que copiava alguns de seus trejeitos.

Supla ainda mostrou um trecho da fala de Tom Jobin e deixou claro que falava de “inspiração” e “arte” quando usou a referência no programa.

“Tiraram totalmente de contexto, então queria deixar isso claro: achei muito na má-fé mesmo o que fizeram. Você tem o direito de votar em quem você quiser, tem que respeitar sua religião, seu time de futebol, sei lá, vamos respeitar. E cuidado com as fake news”, prosseguiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *